Aula Pública: Desobediência Civil e Espiritualidade

aula

A Rede Ecumênica da Juventude em parceria com o Periferia Invisível e o Movimento Cultural Ermelino Matarazzo realizam no próximo sábado, 22 de outubro, a partir das 16h30, aula pública com temática “Desobediência Civil e Espiritualidade”. O encontro acontece na Ocupação Cultural Mateus Santos, localizada na Av. Paranaguá, 1633 – Ermelino Matarazzo.

_

Temos o dever moral de desobedecer leis injustas” Martin Luther King Jr.

Desobedecer, verbo que em alguns momentos foi sinônimo de resistência e vida diante de opressões e injustiças gritantes. Verbo dificilmente aceito como positivo por ser a negação de um outro verbo muito caro a nossa cultura de base cristã: obedecer.

Geralmente somos ensinadas/os a seguir regras, a aceitar verdades, a seguir ordenanças: obedecer se torna imperativo. Mas obedecer por quê? A quem? A qual lei e a qual política? E nesse jogo de poder, quem obedece a quem?

Foi através de grandes momentos de Desobediência Civil que a humanidade conquistou importantes vitórias na luta por Direitos Humanos. Foi assim que o pastor protestante Martin Luther King Jr., venceu a luta contra a segregação racial nos EUA, e foi assim também que o líder indiano Gandhi lutou pela independência do seu país.

O que significa então sermos jovens diante de governos e políticas que nos esmagam devagarzinho, minando as esperanças de futuro? O que significa hoje pensar essas palavras e qual a força que elas carregam no nosso cotidiano?

Vamos juntas/os pensar, debater, questionar: como agirmos diante do controle, do descaso e da violência do Estado sobre nossos corpos? Qual será o papel das juventudes na construção de novas narrativas, novos símbolos, e na criação de caminhos para a resistência, justiça e amor? E o que a espiritualidade tem a ver com isso?

Texto retirado do  evento oficial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *